Qual o impacto que a energia solar causa no meio ambiente?

Qual o impacto que a energia solar causa no meio ambiente-

A energia solar é uma das energias sustentáveis onde há menor agressão ambiental entre as demais fontes de energias. Veja neste post qual impacto que a energia solar causa no meio ambiente.

Saiba como economizar até 99% com a energia solar em Barbacena e região!

Somos a Solig! Uma empresa especializada em sistemas de geração de energia solar fotovoltaica.

Utilize o formulário para solicitar uma análise de viabilidade técnica sem compromisso.

Escolha o campo de arquivo acima para nos enviar sua conta de energia (opcional)

A energia solar causa algum impacto no meio ambiente? Essa ainda é uma dúvida comum para a maior parte das pessoas, que pensam em fazer a instalação de energia solar fotovoltaica.

A energia solar trata-se de uma fonte de energia renovável extremamente sustentável, por isso nada mais normal do que ela não apresentar nenhum tipo de impacto negativo para o meio ambiente.

Entretanto, para que você possa saber mais a respeito desse assunto e saiba tudo sobre o impacto ou não da energia solar no meio ambiente, não deixe de acompanhar esse texto até o final!

A energia solar como energia sustentável

A energia solar é uma das energias sustentáveis onde há menor impacto ambiental entre todas aquelas fontes energéticas que estão disponíveis aos seres humanos.

Isso acontece porque esse tipo de energia não emite nenhum tipo de poluente quando transformada em energia elétrica, muito menos há qualquer efeito negativo que impacte o ambiente, como construir usinas hidrelétricas.

Inclusive, já postamos aqui no blog, um artigo sobre como a energia solar é transformada em energia elétrica. Cliquei aqui e aprenda.

Aliás, esse baixo impacto da energia solar sobre o meio ambiente é que faz com que o uso dessa tecnologia esteja crescendo de forma constante, em conjunto com a enorme disponibilidade da fonte e ainda os preços acessíveis.

Não é à toa que o Brasil é um dos maiores produtores de energia solar e deve liderar essa matriz energética até o ano de 2040.

O uso da energia elétrica pode ser feito nos grandes projetos de geração, mas também instalados em pequenos sistemas através da utilização por consumidores em suas residências e empresas.

Por meio da geração de energia elétrica através da energia solar, além de não impactar negativamente no meio ambiente, ela ainda ajuda a trazer uma economia na conta de luz de até 95%.

O ciclo de vida da tecnologia fotovoltaica

Agora é hora de saber um pouco mais sobre o ciclo de vida da tecnologia fotovoltaica, o que ajuda a compreender os impactos ou não da energia solar no meio ambiente.

A técnica de avaliação do ciclo de vida tem o intuito de analisar os impactos que um produto específico tem sobre o meio ambiente levando em consideração todo o ciclo de vida dele.

Apesar de a energia solar, ao ser gerada através das placas fotovoltaicas, não ocasionar emissões de gases tóxicos e outros poluentes para o meio ambiente, é necessário ver se não há impacto quanto à produção e ao descarte dos equipamentos.

E qual é, afinal, o ciclo de vida da tecnologia fotovoltaica? Ela envolve esses seguintes processos:

  • Manufatura: esse processo começa desde a extração da matéria-prima, passando posteriormente pelo tratamento feito com os materiais, a produção dos equipamentos, e ainda a instalação e a construção desses projetos para gerar energia
  • Operacional: esse processo se concentra principalmente na operação e na manutenção dos empreendimentos relacionados com a geração de energia
  • Desconexão: é o processo de descomissionamento dos projetos de gerar e de descartar os equipamentos de produção da energia solar fotovoltaica

Os impactos da energia solar no meio ambiente

Ainda sobre se a energia solar causa algum impacto no meio ambiente, é preciso avaliar se há algo de negativo no ciclo de vida dela, levando-se em consideração o principal equipamento de um sistema: a placa solar.

Impactos na manufatura

O processo de manufatura trata-se daquela etapa que tem os impactos mais negativos da energia solar sobre o meio ambiente.

As placas solares ou placas fotovoltaicas consomem uma grande quantidade de energia no momento de fabricar a tecnologia do sistema de energia fotovoltaica.

Por outro lado, a energia gasta na produção do sistema é considerada “paga” durante a vida útil do equipamento, já que ele não emite poluentes para o meio ambiente.

Entretanto, como as placas solares são feitas a partir de células fotovoltaicas de silício, isso acaba gerando um impacto que vai desde a extração do silício até a limpeza e a purificação dele.

Isso significa impactos negativos ao meio ambiente como:

  • Poluição da água durante o processo de mineração
  • Impactos diretos sobre a fauna e a flora locais
  • Emissão de pó sílica na fundição
  • Emissão de hexafluoreto de enxofre e tetracloreto de silício no processo de purificação
  • Uso de produtos químicos como ácido sulfúrico e clorídrico, que são extremamente tóxicos

Impactos operacionais

A etapa operacional, dentro da produção da tecnologia de energia fotovoltaica, é aquela que tem uma maior duração durante o ciclo de vida.

Entretanto, ela é a que causa impactos ambientais menores, considerados até mesmo sendo insignificantes.

Isso porque a geração elétrica desses painéis é completamente livre da emissão dos gases poluentes que causam efeito estufa.

Além disso, o consumo de energia para a manutenção é o menor possível, bem como o uso da água para a limpeza desses módulos, que não é necessário.

Impactos no processo de desconexão

Por conta da enorme vida útil que as placas solares possuem, não há impactos da energia solar que é gerada na etapa de desconexão, ou pelo menos não foram percebidos, até o momento, em grande escala.

É preciso basear-se no princípio dos três R, que são reduzir, reusar e reciclar, para poder antever as soluções e os manejos que podem ser feitos com os equipamentos dessa tecnologia.

Nos últimos 10 anos, já aconteceram avanços nas pesquisas e nas técnicas de produção dessas placas, reduzindo de maneira bastante significativa a quantidade de silício que é usado para fabricar um módulo.

A previsão é que cada vez menos produtos tóxicos sejam utilizados, para fabricar as placas solares, que tendem a ter um aumento do potencial reciclável delas.

Gostou de saber um pouco mais sobre essa energia limpa e renovável? Entre em contato com a Solig e solicite um orçamento para energia solar, sem compromisso.

Conclusão

Como você viu, muita gente costuma perguntar-se sobre se a energia solar causa algum impacto no meio ambiente, e como mostramos aqui, não há nenhum poluente que é emitido durante a produção de energia solar.

Neste texto, nós ainda mostramos que, por outro lado, durante o ciclo de vida do equipamento de geração de energia solar ainda há etapas que podem impactar no meio ambiente, como é o caso da produção das células com silício.

O objetivo dos estudos na área é que em breve menos produtos tóxicos sejam utilizados na produção dos equipamentos, além de um aumento do reuso deles evitando o descarte total.

Solig Logotipo Orçamentos

Preencha os dados abaixo para receber um orçamento e saber como economizar até 99% em sua conta de energia.

Escolha o campo de arquivo acima para nos enviar sua conta de energia (opcional)

Este site utiliza cookies para garantir que você tenha a melhor experiência. Ao clicar em "OK" e continuar navegando, você estará concordando com o seu uso.